PUBLICIDADE
Topo

Carburador de Prata emocionou amantes do cinema e do transporte alternativo

Susana Cristalli

16/12/2019 15h35

O Oscar é só em fevereiro. Mas se você achou que não ia ter prêmio de cinema concedido pelos maiores nomes do transporte alternativo do Rio de Janeiro, achou errado!

O Choque de Cultura anunciou ontem, em live exclusiva, os vencedores do prêmio Carburador de Prata. E expoentes do audiovisual brasileiro e internacional manifestaram sua emoção. A DC Comics, por exemplo, agradeceu a honraria conquistada por Aquaman que foi a de Melhor Filme de Água.

E o diretor de Bacurau, Kleber Mendonça Filho, agradeceu pelo prêmio de Melhor Filme Ruim brasileiro.

Juliano Dornelles também agradeceu.

Assim como o Canal Brasil, coprodutor do filme.

Mas vamos conhecer todos os indicados e vencedores.

O vencedor de Melhor Golpe foi Coringa, por ser um filme de Batman sem Batman.

via GIPHY

O vencedor na categoria Melhor Idoso foi Linda Hamilton, por Exterminador do Futuro, desbancando o favorito Chorão.

Fica difícil julgar a qualidade de uma comédia quando ela está desprovida de Adam Sandler, mas o Choque de Cultura conseguiu. E o vencedor foi Ad Astra. Não deixa de ser um golpe pois no filme não tem nenhum Ford Astra!


O melhor Filme de Bicho foi Homem-Aranha Longe de Casa e o melhor filme de Cultura Jovem foi Detetive Pikachu.

Veja também:
Qual é o nome de fandom do seu bairro?

Sim, estes gringos já gravaram comerciais no Brasil e foi um rolê aleatório

Nas Categorias Técnicas, Midsommer levou o prêmio de melhor Filme de Gente Caindo (pois no filme há gente caindo). Melhor Filme de Susto foi pra IT 2 e, como vimos, Bacurau levou o de Melhor Filme Ruim.

E finalmente, o último prêmio da noite, anteriormente conhecido como Melhor Careca Bombado.

Nessa última premiação veio um plot twist, que é quando fica todo mundo chocado com uma coisa que aconteceu. E o que aconteceu foi que Rogerinho do Ingá, completamente descontrolado, declarou como vencedor Elton John. Que não é bombado! Nem careca! Provando que estava fora de si, o motorista ainda mostrou que possui uma tatuagem com escrito "música". Uma cena muito triste para todos!

É isso amantes do cinema, até o ano que vem!

Siga o Quicando nas Redes:

Sobre as autoras

Juliana Kataoka, jornalista e redatora, trabalhou no BuzzFeed Brasil, em agências de publicidade e outros veículos. Não consegue sair das redes sociais, mas jura que tenta. Redes sociais: Twitter Facebook Instagram
Susana Cristalli, jornalista de formação, redatora de tudo um pouco e tradutora. Moradora da internet, acorda cedo pra varrer a calçada cheia de memes do dia anterior. Redes sociais: Twitter Facebook Instagram

Sobre o Blog

Vamos contar pra você, do nosso jeitinho, as histórias que mais quicaram na internet durante esta semana e que você talvez tenha perdido, ou não.

Quicando