PUBLICIDADE
Topo

O grupo para ficar falando igual a empreendedor vai mudar seu #mindset hoje

Susana Cristalli

18/01/2020 11h40

Faz tempo que o Facebook deixou de dar muitas alegrias para seus usuários. Mas as poucas que restam costumam ter lugar marcado para acontecer: os grupos. A própria plataforma parece saber disso, já que veiculou uma campanha publicitária offline para promovê-los.

O grupo do qual vou falar hoje talvez não apareça em nenhum outdoor, mas ganhou rapidinho os corações de mais de 48 mil membros, e isso que só existe desde 4 de janeiro. É o Grupo Onde Fingimos Ser Empreendedores Emocionados do LinkedIn. E você pode ler aqui abaixo uma provinha do conteúdo.

O grupo foi criado por Claydson Vieira, professor de informática em Belo Horizonte, que já administrava uma página chamada Fanfics Corporativas. Nessa página os participantes compartilham posts inacreditáveis mas totalmente reais, escritos no mais puro linguajar dos farialimers. Como este aqui.

A partir da página, Claydson criou um grupo para as pessoas mandarem seus próprios posts satirizando esse jeito de falar e esse #mindset #vencedor e #proativo. Como por exemplo este texto aqui embaixo (não esqueça que é paródia, ok?).

No grupo a galera fica falando como se tivesse recém sofrido uma lavagem cerebral praticada por um grupo de coaches delirantes. E os posts que resultam disso estão provavelmente entre as melhores coisas que têm saído do Facebook nos últimos tempos.

Veja também:

O coach de fracassos é a motivação que as pessoas precisavam e não sabiam 

A Mulher Pepita é a coach motivacional que o Brasil precisa nesta segunda

Um dos posts que impulsionaram o alcance do grupo foi este do Cleber Veiga, que apenas postou uma história humorística que circula faz tempo na internet, só que dando a ela um formato de post motivacional para ficar mais engraçado.

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Legadão (@legadaodamassa) em

O Cleber trabalha na área administrativa de um hospital e nem tem secretária mas, como esse tipo de papinho corporativo está completamente fora de controle na internet, teve quem acreditou e ainda opinou seriamente!

 

O já célebre post das 75 folhas deu uma volta de 360º graus e virou objeto de discussão… no próprio LinkedIn!

Esse pessoal merece ganhar um milhão (de likes, pelo menos) no seu primeiro ano de atividade.

Coloca eles para consertar a economia e em duas semanas este país tá nos trilhos.

Siga o Quicando nas Redes:

Sobre as autoras

Juliana Kataoka, jornalista e redatora, trabalhou no BuzzFeed Brasil, em agências de publicidade e outros veículos. Não consegue sair das redes sociais, mas jura que tenta. Redes sociais: Twitter Facebook Instagram
Susana Cristalli, jornalista de formação, redatora de tudo um pouco e tradutora. Moradora da internet, acorda cedo pra varrer a calçada cheia de memes do dia anterior. Redes sociais: Twitter Facebook Instagram

Sobre o Blog

Vamos contar pra você, do nosso jeitinho, as histórias que mais quicaram na internet durante esta semana e que você talvez tenha perdido, ou não.

Quicando