Topo
Quicando

Quicando

O cabelo imaginário é um dos conceitos mais gostosinhos da internet

Susana Cristalli

09/10/2019 15h45

Este vídeo, que viralizou hoje, lembrou às pessoas o quão maravilhosa é a instituição do cabelo imaginário, um conceito dominado e popularizado pela comunidade LGBTQ.

É simplesmente hipnótico ver pessoas mexendo em longas melenas completamente inexistentes.

É quase um ASMR visual, como aqueles vídeos relaxantes para acalmar ansiedade. Acho que ganhei dez anos de vida só com a parte – que começa aos 00:10 – em que ele parece reagir a uma puxadinha mais dolorida em cabelos inexistentes.

Os fios imaginários podem ser apenas uma mecha rebelde que precisa ser colocada atrás da orelha, ou um longo cabelão habilidosamente preso num coque.

O conceito trascende fronteiras: o Sam Smith é um entusiasta da jogada de cabelo invisível.

Não há situação que não possa ser melhorada por alguém mexendo no próprio cabelo imaginário.

O cabelo imaginário pode ser o elemento-chave de uma coreografia, por exemplo.

Ou o artifício para uma demonstração de puro talento.

Por favor, nunca parem de ajeitar cabelos imaginários!

Veja também:
Estas drag queens se maquiando ao som de funk estão hipnotizando as pessoas
Existe uma hamburgueria LGBTQ em SP e ela pode contar comigo para tudo

Sobre as autoras

Juliana Kataoka, jornalista e redatora, trabalhou no BuzzFeed Brasil, em agências de publicidade e outros veículos. Não consegue sair das redes sociais, mas jura que tenta. Redes sociais: Twitter Facebook Instagram
Susana Cristalli, jornalista de formação, redatora de tudo um pouco e tradutora. Moradora da internet, acorda cedo pra varrer a calçada cheia de memes do dia anterior. Redes sociais: Twitter Facebook Instagram

Sobre o Blog

Vamos contar pra você, do nosso jeitinho, as histórias que mais quicaram na internet durante esta semana e que você talvez tenha perdido, ou não.