Topo
Quicando

Quicando

O reaparecimento do Lingerie Day prova que estamos voltando no tempo

Susana Cristalli

25/07/2019 15h23

A hashtah #lingerieday foi criada em 2009 no Brasil, com o propósito de ser usada na última quinta-feira do mês, para incentivar pessoas a postarem publicamente suas próprias fotos usando apenas lingerie. Os criadores, é claro, foram homens: dois tuiteiros que atendiam por @morroida, arroba do empresário Fabio Rodrigues, e @gravz, arroba do advogado Fernando Gouveia.

Você vai, talvez, argumentar que em 2009 as pessoas eram assim mesmo, meio sem noção na internet… ok, mas acontece que hoje, 25 de julho de 2019, última quinta do mês, #lingerieday voltou a bombar como não se via mais há anos.

É o caso de se perguntar que ano é hoje: com tantos retrocessos acontecendo ao nosso redor, talvez tenhamos entrado numa máquina do tempo.

E o #lingerieday seja a prova.

Afinal em 2019 supõe-se que todas sabemos que empoderamento vem mais de salários iguais e licença maternidade que de postar uma foto pelada na internet.

Muitas pessoas que criticam não estão questionando se "pode postar foto sexy ou não", e sim o suposto valor disso como atitude libertadora.

Em apenas 10 anos um "movimento" desses parece fora da realidade, mas muita gente que era nova demais em 2009 ou por alguma razão perdeu o bonde na época parece estar entrando nessa agora.

A hashtag até guarda consigo um gostinho de internet raiz, internet moleque. Mas só quando não vem acompanhada de fotos de meninas.

Até porque ninguém disse que precisam ser fotos de mulheres!

Veja também:

Nick Jonas e Beyoncé escancaram diferença quando homens e mulheres engordam 

O vídeo da Dora Figueiredo lembrou que abusador não vem com placa de aviso 

Parece que os homens amaram se ver com cara de idoso, as mulheres nem tanto 

Sobre as autoras

Juliana Kataoka, jornalista e redatora, trabalhou no BuzzFeed Brasil, em agências de publicidade e outros veículos. Não consegue sair das redes sociais, mas jura que tenta. Redes sociais: Twitter Facebook Instagram
Susana Cristalli, jornalista de formação, redatora de tudo um pouco e tradutora. Moradora da internet, acorda cedo pra varrer a calçada cheia de memes do dia anterior. Redes sociais: Twitter Facebook Instagram

Sobre o Blog

Vamos contar pra você, do nosso jeitinho, as histórias que mais quicaram na internet durante esta semana e que você talvez tenha perdido, ou não.