Topo
Quicando

Quicando

Por que essa treta de influencers de beleza foi parar no New York Times?

Juliana Kataoka

15/05/2019 13h30

No final de semana não se falou em outra coisa nos Estados Unidos: a treta do youtuber de maquiagem James Charles com sua mentora no mundo da beleza, Tati Westbrook. A notícia foi parar até no New York TImes!

"Mas, gente, porque tanta atenção numa briga de youtuber?" E eu te respondo – o que acontece é que esse rapaz de 19 anos, além de ser um dos youtubers com o maior número de assinantes no mundo, foi a pessoa escolhida pelo YouTube pra representar a plataforma no MET Gala, um tapete vermelho tão concorrido quanto o Oscar – são aproximadamente 200 lugares cuidadosamente escolhidos pela Vogue. A treta também polarizou muita gente famosa, incluindo as Kardashians, e basicamente porque todo mundo ama uma boa novela!

Se eu consegui prender a sua atenção, agora eu vou te apresentar quem é James Charles. Caso você já esteja na internet há algum tempo, ele foi o aluno que em 2016 pediu pra refazer a foto de formatura aplicando MAIS iluminador. Na época, até a atriz Zendaya deu like na tour.

No começo de sua carreira como influenciador, sua maior apoiadora foi Tati Westbrook, uma youtuber que começou sua carreira fazendo reviews de produtos lá em 2010 e depois fundou uma empresa de suplementos e vitaminas para beleza. Ela mesma está no centro de uma polêmica possíveis produtos não são aprovados pelo FDA, a ANVISA deles, e podem diminuir a eficácia de anticoncepcionais.

Reprodução / Youtube

O estopim pro fim dessa amizade foi um publieditorial de James Charles no Instagram para a empresa que é a maior concorrente de Tati – sendo que ele tinha dito pra ela que não poderia promover este tipo de produto pois seu público é muito jovem.

Em um video de 45 minutos, ela chora toda a ingratidão do influencer. Conta que sempre apoiou o YouTuber, convidou o influencer para maquiá-la em seu casamento, promoveu sua paleta de maquiagens e ficou do lado dele em todas as tretas do mundo da beleza.


Mas a cereja do bolo acontece quando ela afirma que não pode fechar os olhos pros comportamentos inadequados do influencer que fica assediando homens heterossexuais ao vivo e pela internet, ignorando a orientação deles.

Depois que ela postou o vídeo, uma dezena de pessoas apareceram para confirmar casos de assédio, incluindo o modelo Gage Gomez, que afirmou ter sido manipulado pelo influencer por muitos meses.

James começou a perder followers, muito, mas muito rápido. Em três dias de que o vídeo de Tati foi postado, ele perdeu três milhões de seguidores. Entre as baixas famosas estão Miley Cyrus, Katy Perry, Iggy Azalea, Gigi Hadid, Kylie Jenner e Kim Kardashian.

As pessoas estão customizando as paletas de maquiagem criadas por ele para esconder seu nome e estão se alimentando tão vorazmente da treta que estão assistindo contadores do número de seguidores do influencer baixando ao vivo.

Bought the palette a long time ago but after hearing what he did i became so sick of james charles so i changed my palette into shrek themed #jamescharlesiscancelledparty pic.twitter.com/rll8DmKZ2h

"Comprei a paleta há muito tempo mas depois de ouvir o que ele fez fiquei tão enjoado de James Charles que eu deixei a minha paleta com o tema do Shrek".

James Charles fez um vídeo tentando se explicar frente a polêmica. Pediu muitas desculpas a ex-amiga e disse que só fez publieditorial porque um grupo de pessoas tentou atacá-lo no Coachella e a marca deu um passe de artista para que ele pudesse circular com segurança e ele se sentiu na obrigação de retribuir a gentileza de alguma forma.

Sobre os comportamentos inadequados, chorando, o influencer disse que terá sozinho que lidar com as consequências de seus atos.

Sim, você perdeu alguns minutos mergulhando em uma treta que não tem nada a ver com você e nada vai trazer eles de volta. Desculpe!

Veja também:
Influencers brasileiros viram notícia na Coreia do Sul por xenofobia

Estes youtubers de games estão discordando sobre Filosofia no Twitter

Os memes do Baile do MET, a final de Copa do Mundo de quem adora moda

Sobre as autoras

Juliana Kataoka, jornalista e redatora, trabalhou no BuzzFeed Brasil, em agências de publicidade e outros veículos. Não consegue sair das redes sociais, mas jura que tenta. Redes sociais: Twitter Facebook Instagram
Susana Cristalli, jornalista de formação, redatora de tudo um pouco e tradutora. Moradora da internet, acorda cedo pra varrer a calçada cheia de memes do dia anterior. Redes sociais: Twitter Facebook Instagram

Sobre o Blog

Vamos contar pra você, do nosso jeitinho, as histórias que mais quicaram na internet durante esta semana e que você talvez tenha perdido, ou não.