Topo
Quicando

Quicando

Nem o Thanos tinha conseguido fazer tanta gente torcer pros Vingadores

Susana Cristalli

07/09/2019 16h33

Hoje (7), dois dias depois da tentativa de censura do prefeito Crivella na Bienal do Livro no Rio, a fama da HQ da Marvel "Vingadores, A Cruzada das Crianças" já disparou para muito além do que se poderia imaginar.

Para quem não sabe, o motivo é que essa história em quadrinhos – que não é voltada para o público infantil – contém uma (sim, uma só) cena de beijo entre dois personagens homens: Wiccano e Hulkling, namorados de longa data no universo Marvel.

A HQ, que já vinha sendo comercializada há muito tempo sem grandes repercussões, saiu do nicho dos fãs de quadrinhos e virou um caso de notoriedade internacional. Tudo graças ao conservadorismo do prefeito do Rio.

Seguiu-se uma sucessão de plot twists, cada um representando uma pisadinha com bondade nos defensores da censura. Desde o tuíte do Lulu Santos…

Ao do Mamãe Falei do MBL. Nem o Thanos havia feito tanta gente defender os Vingadores.

A maior lavada veio provavelmente do Felipe Neto que, como você provavelmente já sabe, comprou todos os livros com temática LGBTQ da Bienal para distribuir gratuitamente.

A distribuição está acontecendo hoje.


Veja também:

Existe uma hamburgueria LGBTQ em SP e ela pode contar comigo para tudo 

Tudo está tão doido que o brasileiro nunca foi tão carinhoso com a França 

Na Bienal do Rio nasceu esta nova categoria literária, já com uma boa legião de fãs.

No Twitter, o pessoal escolheu sextar dando uma zoada no prefeito carioca.

Mas, principalmente, pessoas anônimas e famosas fizeram questão de tuitar a imagem que causou a censura.

Até que a informação cruzou fronteiras e chegou até o próprio desenhista da HQ.


"Posso acrescentar 'censurado no Brasil' no meu cartão de visitas?" ele escreveu.

E o histórico veículo de entretenimento Hollywood Reporter também deu a notícia, recebendo inúmeras respostas e retuítes de brasileiros.

Finalmente hoje, sábado, a Folha de S. Paulo estampou, E-N-O-R-M-E e bem no meio da capa, o beijo entre dois personagens que causou o furdunço todo.

Em pleno feriado de 7 de setembro o assunto das rede ainda é o beijo, e o quanto o tiro do Crivella saiu pela culatra.

Que dia péssimo para os inimigos dos Vingadores se beijando.

E alguns estão reparando que essa também é uma bela maneira de celebrar a independência e a liberdade.

Mas o prefeito do Rio não quis deixar por menos: ele recorreu e a liminar que impedia os livros de serem recolhidos foi derrubada. A censura contra-ataca.

No entanto, o recado das redes e das pessoas está dado.

Siga o Quicando nas Redes:
Twitter: https://twitter.com/blogquicando
Facebook: https://www.facebook.com/blogquicando/
Grupo no Facebook Quicando: https://www.facebook.com/groups/326104301631260/

Sobre as autoras

Juliana Kataoka, jornalista e redatora, trabalhou no BuzzFeed Brasil, em agências de publicidade e outros veículos. Não consegue sair das redes sociais, mas jura que tenta. Redes sociais: Twitter Facebook Instagram
Susana Cristalli, jornalista de formação, redatora de tudo um pouco e tradutora. Moradora da internet, acorda cedo pra varrer a calçada cheia de memes do dia anterior. Redes sociais: Twitter Facebook Instagram

Sobre o Blog

Vamos contar pra você, do nosso jeitinho, as histórias que mais quicaram na internet durante esta semana e que você talvez tenha perdido, ou não.