Topo
Quicando

Quicando

Ao tentar se defender Neymar pode ter cometido outros crimes

Juliana Kataoka

2003-06-20T19:14:20

03/06/2019 14h20

Na último sábado, foi divulgada a notícia que foi registrado em São Paulo um B.O. de acusação de estupro contra Neymar. A registrante seria uma garota que ele conheceu pelo Instagram e trouxe para Paris por meio de um intermediador. Segundo o o boletim, ele chegou ao hotel onde ela estava hospedada já bêbado, eles trocaram carícias, mas, em dado momento, o jogador começou a ficar agressivo e fez sexo com ela sem consentimento.

Na tarde de sábado, o pai do Neymar falou com Datena ao vivo na Band contando sua versão dos fatos. Segundo ele, tudo foi uma armadilha. Segundo Neymar pai, um advogado da vítima já teria entrado em contato com ele em uma tentativa de extorsão. Neymar pai confirmou que eles tiveram, sim, relações, mas que estas foram consensuais. Durante o programa, Datena divulgou ainda o nome completo da vítima, informação que estava em segredo de justiça.

Na madrugada de sábado, Neymar, em uma tentativa de provar sua inocência junto à opinião pública, postou em seu Instagram um vídeo da gravação da tela de seu celular com um trecho da conversa de WhatsApp com a acusante. O trecho incluiu imagens íntimas da mulher enviadas ao jogador. Na madrugada de hoje, o vídeo foi retirado do ar, segundo o pai de Neymar, pelo próprio Instagram e ele defendeu a decisão do filho de expor mensagens.

Em mais uma reviravolta do caso, a vítima divulgou para o UOL um laudo médico que aponta hematomas, problemas gástricos, perda de peso e sintomas de stress compatíveis com pós-traumático. Os exames foram feitos seis dias depois do encontro com a vítima.

Mas é importante destacar é que por definição, estupro consiste em "constranger alguém, mediante violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou a praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso" e todas essas coisas podem ter acontecido independente de ela ter enviado mensagens íntimas, ter aceito o convite do jogador para ir à Paris ou mesmo ter continuado a falar com ele depois do ocorrido.

Conversei com Malu Gorga, advogada criminalista, e ela explicou que independente se a acusação de estupro prosseguir na justiça, o jogador parece ter cometido pelo menos um crime ao tentar se defender, o de divulgação de foto de nudez de terceiros sem autorização em meio de comunicação de massa, previsto no artigo 218-C.  A pena prevista para o crime é de um a cinco anos de prisão. Se a pessoa tiver tido relações íntimas com a vítima, a pena pode ser até dois terços maior.

Polícia Civil irá investigar Neymar por vazamento de fotos íntimas https://t.co/NCv9dXoBiY

"Não temos elementos para falar se houve estupro ou não, seria irresponsável até. Mas sobre o que estão falando sobre ela, eu vejo uma injúria, pois ofendem a dignidade dela, e também uma difamação. A pena de difamação é de 3 meses a 1 ano mais multa e a de injúria de 1 a 6 meses ou multa. O máximo que pode acontecer a ela é ser acusada de falsa denunciação de crime, a denunciação caluniosa. Quanto a danos morais, devem resolver na justiça civil", explicou.

Veja também:
Quantas destas frases péssimas você já ouviu como se fossem elogios?

A internet percebeu que Leonardo DiCaprio envelhece mas suas namoradas não

Este fim de semana nos lembrou como o mundo nunca está do lado das mulheres

 

Sobre as autoras

Juliana Kataoka, jornalista e redatora, trabalhou no BuzzFeed Brasil, em agências de publicidade e outros veículos. Não consegue sair das redes sociais, mas jura que tenta. Redes sociais: Twitter Facebook Instagram
Susana Cristalli, jornalista de formação, redatora de tudo um pouco e tradutora. Moradora da internet, acorda cedo pra varrer a calçada cheia de memes do dia anterior. Redes sociais: Twitter Facebook Instagram

Sobre o Blog

Vamos contar pra você, do nosso jeitinho, as histórias que mais quicaram na internet durante esta semana e que você talvez tenha perdido, ou não.